Arquivo para novembro \19\UTC 2012

Eu, ateu…E parem de tentar mudar isso que é irritante, cara!

Olá, bípedes sapientes! E não é que eu já tive ideia para um novo post? Essa coisa de ter blog pessoal é mais prática, admito. O post de hoje foi motivado por uma SMS que eu recebi agora a pouco, acho que não faz nem uma hora, me convidando para ir a uma igreja evangélica para uma comemoração que vai ocorrer lá no sábado. Continue lendo

Anúncios

No inicio…

Olá as (role 1d6-5) pessoas que irão ler esse post, sejam bem vindos ao Kelvylândia (nome dado pelo meu amigo Rodrigo AKA @zuadaRPG).

Bom, abri esse blog por que tava sem o que fazer na hora, não é que já tinha essa ideia a bastante tempo e só agora resolvi levá-la adiante. Não é minha primeira experiência com blog, conseguir manter por um ano o MundoRPG, até que acabaram as ideias e a vontade de postar, então resolvi dar um descanso da vida de blogueiro e me focar em outros projetos que visavam meu futuro acadêmico e profissional (mentira, fui ler HQ, ver séries, filmes, e ficar no twitter falando besteira). Mas aí, nos últimos meses, me deu a vontade de postar novamente, mas não queria mais tratar de RPG, era meio “cansativo” a ideia de escrever sobre RPG no momento, e já temos tantos blogs bons para isso, como o http://zinezuada.wordpress.com (sim, é do @ZuadaRPG, o blog é meu, posso fazer jabá, porra!), que na verdade é o único que eu leio com certa frequência, mas como eu ia dizendo: já temos muitos blogs de RPG fazendo bons trabalhos por aí, não fazia sentido para mim reabrir o MundoRPG só para fazer algo razoável e tal, então me veio a cabeça “que tal abrir um blog pessoal? Olha, pode funcionar!” e aqui estamos. Estória de merda, eu sei, devia ter mais Jedi, Ninja, robôs gigantes e esse tipo de coisa, mas não tem.

O Kelvylândia vai falar basicamente do que eu quiser, desde toda a filosofia por trás das moedas de cinco centavos, até o quão ruim o Rob Liefeld desenha, passando pelo sentido da vida, o quão irritante são alguns tipos de pessoas, etc, etc.

Então é isso, sejam bem vindos, novamente, aproveitem a estadia e esperem pelo próximo post, que pode ser hoje, amanhã, daqui a um mês ou simplesmente não existir.